Você Sabia?

Crescente Crise Humanitária no Corno na África – Como Ocorreu

A crescente crise humanitária que está ocorrendo no Corno na África foi chamada a atenção pela ONU para que melhorias ocorram o quanto antes. Veja em nosso blog como ocorreu e o que está sendo feito desde já.

PMA

Não é incomum notarmos em várias cidades não apenas de países menos desenvolvidos, a situação difícil pela qual algumas pessoas passam diariamente, tanto de forma financeira que acaba sendo a pior, pelo fato de que é através desses recursos que são providas todas as outras, como alimentícia que está no topo da lista da questão mais preocupante por parte dos que ocupam cargos de autoridade. Porém, devido a má administração por parte de alguns órgãos públicos que tem por obrigação ajudar de forma direta e indireta toda a população, que muitos se encontram na situação ao qual estão.

Além disso, nem sempre torna possível os chefes de família ter um trabalho secular para não ter dependência de tais e com déficit em quase todos os aspectos, surgem problemas ainda maiores como as guerras devido a descontentamento por parte de uma porcentagem muito alta. Sendo assim, observe aqui no blog não apenas por estes fatores, mas por vários outros a crescente crise humanitária que está ocorrendo no Corno na África mas que está sendo tomado devidas providencias neste ano, veja como ocorreu.

Como Ocorreu a Crescente Crise Humanitária

Os organismos principais da Organização das Nações Unidas chamaram a atenção para a situação em que muitos estão vivendo em praticamente seis países desse continente tão conhecido, tendo por assuntos principais a seca e o aumento dos preços dos alimentos, o que faz com que muitos não tenham como comprar e estão com fome a dias. Salientaram que precisam agir urgentemente para salvar o maior número de vidas e impedir o agravamento das condições. Outro quesito que está em pauta são as condições sanitárias de higiene e baixas taxas de imunização, onde há surtos muito altos de doenças e colocando em risco os recém-nascidos.

A Etiópia é o país mais atingido, já que cerca de 4,6 milhões de habitantes tem de se alimentar de forma urgente e mais de 5 milhões estão vivendo na seca. A UNICEF iniciou o transporte aéreo de ajuda alimentar para a capital Adis Abeba, onde 75 mil crianças sofrem de malnutrição grave. Pelo fato da Somália não ter um governo fixo, o preço dos alimentos subiu muito, como por exemplo o aumento do arroz em 350% entre janeiro e maio em alguns mercados.

Fome no Corno de África

Graças ao programa alimentar mundial, foi iniciada uma operação para distribuir bens alimentares a mais de 700.000 pessoas antes de iniciar a próxima colheita, que se dará em meados de setembro.

O que tem de ser feito para que esse tipo de crise não aconteça? Deixe seu comentário. Agradecemos a visita e até a próxima!

Autora: Amélia

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.