Ajude-Nos Divulgar

Decreto Bane Proliferação de Saco Plástico 2016 – Como Ocorrerá

O decreto que bane a proliferação de saco plástico em várias cidades de África entra em vigor neste ano de 2016. Saiba em nosso blog como isso ocorrerá e quais razões tornaram necessária essa medida.

0,eed0ffb5-07ee-4529-99a9-f6d8cc6424ba

Nos dias aos quais estamos vivendo se torna imprescindível a conscientização das pessoas referente aos aspectos que tem prejudicado o meio ambiente e consequentemente a saúde e vida das pessoas que estão em seu meio. A principio as grandes metrópoles tem criado maneiras, seja em forma de comerciais ou de leis criadas por representantes governamentais, quando de forma espontânea não se coloca em prática o que observa, para que não prejudique ainda mais o que nos resta da natureza para sobreviver.

Mas também pequenas cidades e até mesmo locais em que há pequenas famílias, que possui meios de comunicação tem chego tais informações a estes. Um exemplo disso são os locais pouco desenvolvidos do continente africano ao qual uma grande quantidade de pessoas não possui muito para sobreviver, já nos locais com grandes empresas tem se gasto muitos materiais que atacam diretamente nosso sistema. Devido a isso foi criado um decreto que entre vigor no mês de março de 2016 que bane a proliferação de saco plástico que assim como no Brasil visam preservar os recursos naturais que são destruídos para fazê-los, veja como isso ocorrerá em nosso blog.

Como Ocorrerá o Decreto Que Bane Proliferação de Saco Plástico 2016

Os organizadores fazem parte do projeto Ambiente no Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural que mencionaram na conferencia que se deu nos meses anteriores que o decreto é para todos, inclusive entidades públicas e privadas, pessoas coletivas e singulares estando direta ou indiretamente envolvidas na produção e comercialização do uso no país. Os sacos plásticos que sairão de circulação são os que tem espessura de 30 micrometros e que contem material reciclável acima de 40%. Os caixas por exemplo terão de informar aos clientes antecipadamente sobre este novo decreto para que se preparem devidamente ao realizarem as compras.

4534978164-6c5aed96bd

O objetivo é desenvolver a consciência de todos em relação aos perigos que são colocados com o uso constante do saco plástico. Embora foi aprovado o decreto em agosto, ao entrar em vigor no mês de março dará tempo suficiente para que se adéqüem as novas mudanças. Quem se recusar a cumprir terá de pagar multa de 30 a 80 salários mínimos. A chefe do movimento destacou que são derivados de petróleo e substancias químicas na composição ao qual gera doenças respiratórias ou cancerígenas, sendo assim espera-se que estes índices de doenças diminuam gradativamente com este novo decreto.

O que tem feito para preservar o sistema ao qual residimos? Deixe seu comentário. Agradecemos a visita e até a próxima!

Autora: Amélia

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.