Você Sabia?

Primeira Sala de Registro Civil Abriu na Capital – Como Ocorreu

A primeira sala de registro civil de nascimento abriu na maternidade da capital e se tornou de grande ajuda para os moradores. Veja em nosso blog como ocorreu e as mudanças que se deu após este.

download

Não se pode negar que um grande acontecimento na vida de milhares de pessoas é o nascimento de uma criança, em especial se ela possui os seus genes e fará parte da sua vida para sempre por ser sua descendência. As mudanças se tornam muitas após este e se torna necessário se adequar a todas elas para que possa tornar a vida deste pequeno ser humano a melhor possível e assim possa crescer e ter um bom futuro.

Mas um dos primeiros passos a serem dados logo após vir ao mundo como alguns costumam dizer é dar nome ao bebê e pensar em todos os aspectos para que seja um de acordo com as características e beleza. Após isso é preciso registrar em cartório porque é de suma importância e nem todas as cidades contem este local específico o que acaba dificultando para muitas famílias e se não o feito em alguns dias após o nascimento, pode ocorrer alguns problemas. Mas veja em nosso blog a primeira sala de registro civil que abriu na capital de um dos continentes mais comentados de todos os tempos que é a África.

Como Ocorreu a Primeira Sala de Registro Civil Abriu na Capital

A cidade é Guiné-Bissau que abriu a algumas semanas na maternidade do hospital Simão Mendes, que é a principal unidade de saúde pública do país. A iniciativa conta com o apoio da UNICEF e faz parte da estratégia nacional que é obrigatório toda a população ter. De acordo com o Ministério da Justiça há uma estimativa que apenas um terço dos 1,6 milhões de habitantes do país esteja registrado e só um quinto dos bebês se beneficie disso.

08-28-2015-Migrants-Hungary

Além disso, um comunicado dado menciona que o governo já estava desejoso de criar condições necessárias para a mobilização e orientação das populações em relação a importância do registro civil que todos bem conhecem. Após essa criação, o objetivo passa por ampliar a cobertura de redes de serviços por meio das unidades de saúde. Nos dias a frente serão abertos mais serviços, nomeadamente no hospital de Cumura e no centro materno-infantil de Bissau como mostrou o comunicado oficial.

O que achou dessa novidade no continente africano? Deixe seu comentário. Agradecemos a visita e até a próxima!

Autora: Amélia

Comente Via FaceBook

Comentários

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.